Portal COVID 19

Principal Atualizado em 23/04/20 - 17h05

Associação de intercâmbio chinesa doa 10 mil máscaras ao GDF

Entidade também entregou caixas de álcool gel e líquido. Comitê deve destinar material àqueles que estão, mais próximos da comunidade, no atendimento público

 

23/4/20  11:52 LÚCIO FLÁVIO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

 

O Governo do Distrito Federal entendeu que a doação de 10 mil máscaras e 240 unidades de álcool em gel e álcool líquido pela Associação de Intercâmbio China-Brasil, ontem, foi grande demonstração de carinho e amor ao Brasil e, sobretudo, Brasília. A entrega oficial dos produtos aconteceu na manhã de hoje (23), no Salão Branco do Palácio do Buriti, e contou com a presença de integrantes do GDF e da entidade asiática.

 

“O espírito que norteia a sociedade brasiliense é o da solidariedade – e a união dos povos é muito importante agora, é uma demonstração de carinho e amor do povo chinês à nossa causa aqui em Brasília”, agradeceu o secretário de Governo, José Humberto, também um dos representantes do Comitê Emergência Covid-19.

 

“Essa doação, com certeza, vai fazer muita diferença para as pessoas que estão no enfrentamento da doença”, fez coro Anucha Soares, subchefe de Políticas Sociais e Primeira Infância da Secretaria de Desenvolvimento Social e Secretária-Adjunta do Comitê Emergência Covid-19.

 

Todas as 10 mil máscaras descartáveis triplas vieram diretamente da China. As 48 unidades de álcool líquido e 200 de álcool em gel foram adquiridas aqui no Brasil.

 

O destino do material recebido ainda será avaliado pelo comitê social criado pelo governo com o intuito de ajudar pessoas que estão vulneráveis nesse momento de crise sanitária. A ideia é que os produtos atendam profissionais que estão no combate diário ao vírus letal.

 

“É uma demanda que ainda será avaliada pelo nosso comitê social, mas com certeza será destinado àqueles que estão na ponta, mais próximos da comunidade, no atendimento público, trabalhando na manutenção da nossa cidade”, sinalizou José Humberto.

 

Gratidão por Brasília

 

Cerca de 1,5 mil chineses vivem em Brasília. “Temos uma relação de amizade construída ao longo de pelo menos 50 anos de convivência”, conta o vice-presidente da Associação de Intercâmbio China-Brasil, Salti Sun, desde os 14 anos vivendo na capital.

 

“Essa doação é uma forma de agradecer o acolhimento que recebemos dessa cidade” Salti Sun, vice-presidente da Associação de Intercâmbio China-Brasil

 

“Eu aqui criei meus filhos e netos; então, o que pudermos fazer para ajudar Brasília nesse momento vamos fazer”, disse Sun. “São produtos que estão faltando na cidade, é uma contribuição significativa”, pontua Wang Jing Yang, presidente da entidade.

 

Oficialmente criada em janeiro de 2016, a Associação de Intercâmbio China-Brasil nasceu com o objetivo de “solucionar problemas práticos e prestar assistência aos chineses que residem no Brasil, além de aprofundar ainda mais as relações bilaterais entre ambos os países em todos os campos”.

 

Também participaram do encontro Renata d’Aguiar, da Secretaria de Economia, além de cerca de 10 integrantes da associação que moram em Brasília.

AS INFORMAÇÕES CONSTANTES NESTE SITE SÃO OFICIAIS DO GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL.
Denúncias e reclamações

Site: www.ouvidoria.df.gov.br

Telefone: 162

Pedidos de acesso à informação: www.e-sic.df.gov.br

Em caso de suspeita: Ligue 190, 193 ou 199

Sites confiáveis para notícias sobre o coronavírus

Agência Brasília: agenciabrasilia.df.gov.br

Secretaria de Saúde do Distrito Federal: www.saude.df.gov.br