Portal COVID 19

Principal Atualizado em 30/04/20 - 12h26

Coronavírus: orientações para ir às agências bancárias 

Especialistas recomendam a utilização dos canais digitais para evitar a proliferação da Covid-19

 

30/4/20 11:53 ANA LUIZA VINHOTE, DA AGÊNCIA BRASÍLIA *

 

Desde o começo deste mês, foi autorizada a reabertura das agências bancárias na capital. Para que as instituições públicas e privadas voltassem a funcionar, o Governo do Distrito Federal estabeleceu uma série de medidas de segurança para evitar a proliferação do novo coronavírus. Apesar das recomendações de saúde, especialistas orientam que a principal medida para combater a Covid-19 é ficar em casa e sair apenas quando for extremamente necessário.

 

No caso dos bancos, o presidente do BRBCARD do Banco de Brasília, Márcio Recalde, incentiva que clientes utilizem os canais digitais, como o internet banking ou o aplicativo para realizar transações, pagamentos e consultas bancárias. “Estamos seguindo rigorosamente todos os protocolos estabelecidos, como reforço de higienização, uso do álcool gel, distanciamento mínimo, mas essas ferramentas digitais também são eficientes, cômodas, práticas e seguras, principalmente pelo momento que estamos vivendo”, explica.

 

Cédulas e moedas também são formas de contaminação de doenças, por isso, Recalde recomenda o uso de cartões na hora de fazer pagamentos. “É mais seguro, pois não precisamos andar com dinheiro ou um valor além do necessário. O BRB, por exemplo, foi um dos primeiros bancos que adotou a tecnologia de aproximação, na qual não é necessário inserir o cartão, apenas aproximar”, comenta.

 

O presidente do BRBCARD ainda alerta: não é aconselhável higienizar o cartão ou as cédulas, pois podem ser danificadas. “A ideia é que a pessoa manuseie seu cartão e não dê para o atendente, e claro, limpar as mãos antes e depois de pegar o cartão, assim com as maquininhas que também devem ser higienizadas a cada atendimento”, ressalta.

 

Pacote de medidas

 

Gerente de Riscos em Serviços de Saúde, Fabiana Rodrigues, reforça que a ajuda da população é fundamental para evitar a proliferação da Covid-19. “Não é o uso isolado da máscara ou a higienização, mas um pacote de medidas que as pessoas devem adotar para se proteger. A melhor prevenção é ficar em casa, mas se for imprescindível sair, que façam isso tomando os devidos cuidados”, alerta.

 

 Fabiana lembra das cautelas que devem ser adotadas ao sair de casa. “É preciso manter distância social de no mínimo um metro por pessoa. Se  tossir ou espirrar, use o antebraço. Também é importante evitar tocar em superfícies, mas se for necessário, higienize as mãos depois, assim como quando for tocar no rosto. Só faça isso com as mãos limpas”, explica.

 

A gerente de Risco em Serviços de Saúde também orienta que as pessoas separem uma roupa para sair. “Se puder ser um sapato fechado, calça e blusa de mangas compridas é melhor, além do  frasco de álcool gel”, diz.

AS INFORMAÇÕES CONSTANTES NESTE SITE SÃO OFICIAIS DO GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL.
Denúncias e reclamações

Site: www.ouvidoria.df.gov.br

Telefone: 162

Pedidos de acesso à informação: www.e-sic.df.gov.br

Em caso de suspeita: Ligue 190, 193 ou 199

Sites confiáveis para notícias sobre o coronavírus

Agência Brasília: agenciabrasilia.df.gov.br

Secretaria de Saúde do Distrito Federal: www.saude.df.gov.br