Portal COVID 19

Principal Atualizado em 18/05/20 - 14h14

Detran já investiu R$ 515 mil em sinalização no DF

Os serviços nas ruas da capital não param com as medidas de prevenção à disseminação do coronavírus. Pelo contrário, pistas vazias auxiliam as ações durante o dia

 

18/5/20  12:48   JESSICA ANTUNES, DA AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: FREDDY CHARLSON

 

Mais de R$ 515 mil foram investidos pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) em serviços de sinalização nos primeiros quatro meses de 2020. Os serviços, constantes, não param com as medidas de prevenção à disseminação do coronavírus. As pistas vazias, aliás, auxiliam as ações durante o dia.

 

De janeiro a abril, foram feitos ou revitalizados 49.411,07 metros quadrados de sinalização horizontal. As equipes de engenharia do Detran ainda trabalharam em 10.558 lombadas e em 416 faixas de pedestres. Além disso, os serviços incluíram a revitalização de 11.402 vagas de estacionamento e outras 91 vagas específicas para motos. Placas de trânsito também foram instaladas ou substituídas em 356 pontos.

 

Diretor de Engenharia de Trânsito do Detran-DF, Pedro Paulo Barbosa Gama explica que os serviços de execução e revitalização de sinalização horizontal e vertical pela cidade não têm pausa. Agora, as equipes da autarquia aproveitam o baixo movimento de veículos nas ruas para fazer durante o dia o que antes precisava adentrar a noite.

 

As sinalizações horizontais são faixas e marcas feitas no pavimento com tinta reflexiva e executadas pela empresa contratada. Chapas, tubos e adesivos são adquiridos para a confecção da sinalização vertical, executada por trabalhadores da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap), vinculada à Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), acompanhados por servidores.

 

Leia também

 

Zélio Maia: ‘O Detran não pode ser visto apenas como órgão de penalização’

 

Detran retoma serviço de liberação de carros apreendidos

 

Detran-DF aumenta oferta de serviços pela internet e agiliza atendimento

 

O Detran mantém um sistema de controle de tudo o que foi ou precisa ser executado. O diretor de Engenharia de Trânsito explica que são priorizadas as vias de maior movimento. As regiões administrativas são divididas em cinco lotes, com dois contratos executados por uma empresa vencedora de licitação. Necessidades são identificadas em vistorias de rotina ou chegam por meio de demandas da população e das administrações regionais.

 

Um exemplo de atuação ocorre no Itapoã, que recebe ações de sinalização desde a semana passada. Entre os serviços já executados estão a revitalização de faixas de pedestres na Avenida do Murão, a principal da cidade, e a instalação de placas de sinalização de pontos de ônibus e de estacionamentos para idosos e pessoas com deficiência.

 

Para o administrador regional do Itapoã, tudo isso é essencial para segurança. “É muito importante para nossa comunidade. Tínhamos faixas de pedestres apagadas, e sabemos que elas salvam vidas. Aos motoristas, as sinalizações também evitam acidentes. As instalações e revitalizações trazem segurança a todos”, diz Valdemar Medeiros.

 

Efeitos de chuva e seca

 

A chuva, porém, comprometeu as ações deste ano. “A quantidade de serviços acabou ficando limitada por conta disso. Esperamos melhorar ainda mais os trabalhos com a chegada da seca, que é a melhor época para atender com velocidade às necessidades de execução – e com mais qualidade, já que a chuva acaba estragando, desperdiçando material e levando ao retrabalho”, explica Pedro Paulo Barbosa Gama.

 

Em época de seca, o cuidado é com a limpeza. O diretor explica que o pavimento tem grande quantidade de betume, um produto a base de petróleo que é misturado com areia e brita para gerar o asfalto. Sem chuva, o material pode sujar as pinturas no solo. “Trabalhamos em um edital de licitação para contratar empresa para a lavagem, com previsão de execução mediante ordem de serviço”, revela.

 

AS INFORMAÇÕES CONSTANTES NESTE SITE SÃO OFICIAIS DO GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL.
Denúncias e reclamações

Site: www.ouvidoria.df.gov.br

Telefone: 162

Pedidos de acesso à informação: www.e-sic.df.gov.br

Em caso de suspeita: Ligue 190, 193 ou 199

Sites confiáveis para notícias sobre o coronavírus

Agência Brasília: agenciabrasilia.df.gov.br

Secretaria de Saúde do Distrito Federal: www.saude.df.gov.br