Portal COVID 19

Principal Atualizado em 3/06/20 - 11h32

HRC ganha área de acolhimento para pacientes com sintomas

Na área da emergência, pacientes são separados para reduzir os riscos de infecção pelo novo coronavírus

 

3/6/20  10:55 AGÊNCIA BRASÍLIA * I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON

 

O pronto-socorro do Hospital Regional de Ceilândia ganhou duas novas salas de acolhimento para pacientes com ou sem sintomas da Covid-19. Desta forma, quem chega à unidade com suspeita da doença vai direto para o acolhimento e recebe a classificação de risco. A medida ocorre para reduzir a possibilidade de que pacientes infectados transmitam à doença para outros que não estão com o vírus.

 

Logo na entrada, as cadeiras para quem espera pelo atendimento estão sinalizadas e alertando para que uma distância segura seja mantida. Lá dentro, duas novas alas: Amarela Horizontal e Amarela Vertical. A primeira é para pacientes que receberam o diagnóstico da doença e que aguardam transferência para o Hran. A outra área é pra suspeitos ou confirmados, mas que conseguem ficar sentados aguardando resultado de exames ou melhora parcial do quadro com oxigênio.

 

O secretário de Saúde, Francisco Araújo, destaca a importância dessa mudança no acolhimento dos pacientes, pois, “as duas novas salas possibilitam a separação dos pacientes com ou sem sintomas da Covid, diminuindo assim os riscos de contaminação entre as pessoas que chegam para atendimento no Hospital de Ceilândia”.

 

Fluxo

 

Para evitar a possibilidade de infecção no manuseio de papéis, foi disponibilizado para os servidores o fluxo de atendimento por QR Code podendo ser visualizado pelo smartphone. Assim os profissionais têm acesso aos protocolos pelo próprio celular.

 

O pronto-socorro adulto também ganhou área vermelha, com quatro leitos e equipada com aparelhos semelhantes aos de uma UTI para pacientes graves confirmados ou suspeitos.

Já a Emergência pediátrica também passa por modificações estruturais e possui divisão para pacientes sintomáticos e assintomáticos da Covid-19. Um leito de emergência também foi montado seguindo todos os cuidados necessários de isolamento.

 

Área externa

 

Se do lado de dentro as mudanças são sentidas, do lado de fora também podem ser notadas. A fachada recebeu nova pintura e trabalho artístico na entrada da emergência adulto e na parede de acesso das ambulâncias ao Box de Emergência. Todas as mudanças fazem parte de um pacote de revitalizações que a unidade vem recebendo.

 

* Com informações da Secretaria de Saúde

AS INFORMAÇÕES CONSTANTES NESTE SITE SÃO OFICIAIS DO GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL.
Denúncias e reclamações

Site: www.ouvidoria.df.gov.br

Telefone: 162

Pedidos de acesso à informação: www.e-sic.df.gov.br

Em caso de suspeita: Ligue 190, 193 ou 199

Sites confiáveis para notícias sobre o coronavírus

Agência Brasília: agenciabrasilia.df.gov.br

Secretaria de Saúde do Distrito Federal: www.saude.df.gov.br