Portal COVID 19

Principal Atualizado em 8/06/20 - 16h23

Quase 10 mil doações de sangue durante a pandemia

O Hemocentro de Brasília vai celebrar o Dia Mundial do Doador de Sangue (14/6) por meio das redes sociais, agradecendo a doadores e apoiadores

 

8/6/20  16:01 AGÊNCIA BRASÍLIA * I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON

 

Mesmo na pandemia do novo coronavírus, que manteve boa parte das pessoas resguardadas em casa, os doadores de sangue do Distrito Federal e do Entorno mantiveram o propósito de doar sangue. Desde o início da quarentena até agora, a Fundação Hemocentro de Brasília coletou pouco mais de 9.900 bolsas de sangue. No primeiro bimestre de 2020, a média de doações foi de 155 bolsas por dia; após a pandemia, o índice é de 150 coletas diárias.

 

“Apesar dessa pequena diminuição nas coletas, o fluxo de doadores tem sido constante todos os dias, o que vem mantendo nossos estoques seguros. A população do Distrito Federal e do Entorno reconhece a importância de doar sangue regularmente para salvar vidas”, observa o diretor-presidente do Hemocentro, Osnei Okumoto.

 

O Hemocentro de Brasília vai celebrar o Dia Mundial do Doador de Sangue (14 de junho) por meio das redes sociais, agradecendo a doadores e apoiadores que não deixaram de fazer o bem nesse período. “Nós queremos reconhecer todos que contribuíram de alguma forma para manter a assistência aos pacientes da rede pública e conveniada do DF. Os doadores são as grandes estrelas, mas também contamos com o apoio de pessoas e entidades que incentivaram o gesto solidário mobilizando voluntários ou doando serviços e materiais”, enumera Okumoto.

 

Mesmo com o comparecimento do público, as doações de sangue precisam continuar regulares para que as reservas não fiquem comprometidas. Por isso, a campanha também vai lembrar ao público a importância de ser um doador frequente e continuar comparecendo ao Hemocentro para que os estoques não baixem.

 

Segurança para doar

 

Desde a declaração de pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Hemocentro adotou medidas de precaução para garantir a segurança ao doador de sangue. As rotinas de limpeza e desinfecção das áreas comuns se tornaram mais frequentes, e o espaço entre as cadeiras das salas de espera e as da sala de coleta foi ampliado.

 

As regras relacionadas ao coronavírus também ganharam destaque. Quem teve contato com pessoa diagnosticada ou com suspeita de Covid-19 precisa aguardar 14 dias para se candidatar à doação de sangue. Esse prazo também se aplica aos candidatos com febre ou sintomas respiratórios (tosse, irritação ou dor na garganta), após o desaparecimento completo desses sinais.

 

Outra medida de segurança foi reduzir a quantidade de pessoas em grupo – de 40 para 10 vagas. Quando há mais interessados, eles são distribuídos em outro dia ou horário. Para grupos de pelo menos 10 pessoas, o Hemocentro de Brasília disponibiliza transporte gratuito para fazer o trajeto de ida e volta entre a fundação e qualquer ponto do Distrito Federal. Os veículos não circulam com lotação máxima, para que os ocupantes mantenham distância entre si.

 

Dúvida comum do público, o teste para Covid-19 não é feito pelo Hemocentro de Brasília, pois não há evidência científica de que a doença é transmitida pelo sangue. O doador precisa estar saudável para realizar o ato. Além disso, em caso de qualquer sintoma de infecção após doar, ou diagnóstico de doença, é preciso comunicar o Hemocentro pelos telefones (61) 3327-4413 ou (61) 3327-4447.

 

Doação agendada

 

O agendamento obrigatório da doação de sangue foi adotado para evitar aglomerações, principalmente nos horários de pico. O horário de atendimento não foi alterado pela pandemia – o Hemocentro abre de segunda a sábado (exceto feriados), das 7h às 18h.

 

A doação de sangue é agendada pelos telefones:

 

*   Individual: 160, opção 2 ou 0800 644 0160 (atendimento telefônico de segunda a sexta, das 7h às 21h, e aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 18h).

 

*   Individual ou grupo: (61) 3327-4447 ou (61) 3327-4413 (atendimento telefônico de segunda a sábado, exceto feriados, das 7h às 18h).

 

* Com informações do Hemocentro

AS INFORMAÇÕES CONSTANTES NESTE SITE SÃO OFICIAIS DO GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL.
Denúncias e reclamações

Site: www.ouvidoria.df.gov.br

Telefone: 162

Pedidos de acesso à informação: www.e-sic.df.gov.br

Em caso de suspeita: Ligue 190, 193 ou 199

Sites confiáveis para notícias sobre o coronavírus

Agência Brasília: agenciabrasilia.df.gov.br

Secretaria de Saúde do Distrito Federal: www.saude.df.gov.br