Portal COVID 19

Principal Atualizado em 15/06/20 - 8h10

Distribuição de itens de proteção para motoboys em Águas Claras

Cerca de 1,5 mil kits com álcool em gel, máscaras e cartilha informativa já foram entregues em bares e restaurantes que oferecem delivery

 

13/6/20  14:44 AGÊNCIA BRASÍLIA* I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON

 

Desde o fechamento do comércio, devido à pandemia do coronavírus, em março, os motoboys se tornaram o elo entre comerciantes e clientes. O serviço de delivery cresceu bastante em todo o Distrito Federal. Para garantir a segurança dos entregadores e de quem usa o serviço, o programa Todos Contra a Covid, do GDF, vem distribuindo kits – com álcool em gel, máscaras reutilizáveis e cartilha – para esses profissionais como medida preventiva para diminuir a disseminação da Covid-19. Neste sábado (13), a ação chegou em Águas Claras.

 

A cidade oferece centenas de opções de bares e restaurantes e tem opções gastronômicas para todos os gostos. Os estabelecimentos viviam lotados antes da pandemia. Mas, embora o faturamento tenha caído cerca de 90% no restaurante Villa Carioca, com a impossibilidade do estabelecimentos atender o público em suas instalações, o delivery hoje é a única opção para que a empresária Márcia Monteiro não sofram, ainda mais, com a queda nas vendas.

 

“Foi uma adaptação difícil, mas sabemos que vai passar. Tivemos muitos contratos suspensos e a ajuda dos motoboys é imprescindível”, contou. De acordo com ela, o restaurante não teria como arcar com as despesas se estivesse fechado e sem oferecer o serviço de delivery. “Representa apenas 10% do que faturávamos e só está sendo possível garantir esse pouco, graças ao serviço de entrega”, completou o gerente do Villa Carioca, Paulo Roberto.

 

Os motoboys comemoram o crescimento do delivery. São profissionais que, ao contrário de muitos outros trabalhadores, tiveram seus empregos garantidos com a pandemia. “Aumentou bastante o número de pedidos, mas para garantir um bom rendimento, é preciso trabalhar todos os dias, sem folga, do período da manhã até à noite”, explicou Alexandre dos Santos, que consegue garantir cerca de R$ 2 mil por mês trabalhando como entregador.

 

Mas, estar na linha de frente, hoje, exige atenção e cuidados. “Temos que limpara moto com mais constância, higienizar com álcool a 70% a cada nova entrega, além dos cuidados com a higiene pessoal, com uso de máscaras e do álcool em gel”, afirmou o motoboy Pedro Henrique. Segundo ele, embora os ganhos tenham aumentado, os gastos também cresceram.

 

“Gasto um litro de álcool em líquido e um tubo de álcool em gel por semana. Tenho que estar sempre comprando máscaras. E poder contar com esses itens por parte do governo é uma ajuda. É dinheiro que sobra no final do mês”, admitiu.

 

O programa Todos Contra a Covid – coordenado pelo vice-governador Paco Britto – já distribuiu cerca de 1,5 mil kits aos motoboys desde que a ação teve início, em abril. Neste sábado, mais 100 kits foram entregues. A ação já esteve presente em dezenas de restaurantes na Asa Sul, Asa Norte e Lago Sul. As máscaras doadas no kit foram confeccionadas pela Fábrica Social do GDF e o álcool em gel fez parte de uma doação feita pelo Grupo Brasal ao comitê.

 

Com mais de 15 mil profissionais de serviços de entregas na capital, a atenção e cuidado com os entregadores é vista com bons olhos pelo Sindicato dos Motociclistas Profissionais do Distrito Federal (Sindmoto-DF). “Muito importante esse trabalho de conscientização”, destacou Luíz Carlos Galvão, presidente da entidade.

 

Cartilha

 

Se informação é a arma mais importante na luta contra a Covid-19 – uma doença ainda sem vacina e medicamento eficaz para tratamento -, o kit entregue aos motoboys também conta com dicas de prevenção a outra doença que tem crescido bastante no DF: a dengue. “São duas guerras importantes que temos que ganhar”, lembrou o vice-governador.

 

No impresso, dicas de como higienizar as mãos, o uso das máscaras, informações sobre formas de contágio, importância da limpeza da casa e de itens de alimentação. Uma parte, porém, é toda dedicada às instruções de como combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor de uma série de doenças, entre elas dengue, chikungunya, zika e febre amarela.

 

Doe para o comitê Todos Contra a Covid

 

Banco de Brasília (BRB) – 070

 

Agência: 0027

 

Conta Poupança: 0027.049528-2

 

CNPJ: 02.174.279/0001-55

 

Instituto BRB de Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Socioambiental

AS INFORMAÇÕES CONSTANTES NESTE SITE SÃO OFICIAIS DO GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL.
Denúncias e reclamações

Site: www.ouvidoria.df.gov.br

Telefone: 162

Pedidos de acesso à informação: www.e-sic.df.gov.br

Em caso de suspeita: Ligue 190, 193 ou 199

Sites confiáveis para notícias sobre o coronavírus

Agência Brasília: agenciabrasilia.df.gov.br

Secretaria de Saúde do Distrito Federal: www.saude.df.gov.br