Portal COVID 19

Principal Atualizado em 26/06/20 - 15h47

Saiba quando fazer os exames para detectar à Covid-19

Dois tipos de testes estão disponíveis, gratuitamente, em 98 Unidades Básicas de Saúde

 

26/6/20  15:35   AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: ISABEL DE AGOSTINI

 

Em meio a tantas informações sobre o novo coronavírus (Sars-Cov-2), saber quando fazer um exame para detectar à Covid-19 é um dos principais requisitos para quem está com os sintomas gripais. No Distrito Federal, a Secretaria de Saúde oferece gratuitamente duas formas de testagem e, para cada uma delas, há uma indicação específica de quando o exame deve ser feito.

 

O mais conhecido é o teste rápido, que é feito a partir da coleta de gota de sangue, que detecta a presença de anticorpos que o organismo humano produz contra à Covid-19. Recomenda-se que ele seja feito a partir do oitavo dia do início dos sintomas, quando os anticorpos já são mais detectáveis. Ele já é oferecido à população em 98 unidades básicas de saúde (UBSs) espalhadas por todo o DF e o resultado costuma sair entre dez e 20 minutos

 

O outro teste, chamado de RT-PCR, é mais conhecido como swab nasal e oral, pois utiliza uma aste flexível (cotonete) para colher pelas narinas e garganta o material genético do paciente. Conforme a indicação do Ministério da Saúde, recomenda-se que seja coletado o material do paciente entre o terceiro e sétimo dia de sintomas, preferencialmente, quando a carga viral é maior. Mas também pode ser feito até o décimo dia. O resultado costuma sair entre 24 horas a 72 horas.

 

Ele tem sido mais indicado em pacientes internados com suspeita da doença e nos óbitos suspeitos de Covid-19. Também é usado nos profissionais de saúde que estão na linha de frente, e pessoas que tenham tido contato, nos últimos 14 dias, com algum caso confirmado de coronavírus.

 

Além disso, as 98 UBSs podem oferecer os testes swab, a depender do perfil do paciente. Normalmente, são mais utilizados em usuários que estejam a partir do terceiro dia com sintomas gripais graves. Ressaltando que ambos os testes são feitos apenas com indicação do médico ou enfermeiro da UBS, e não são recomendados para pacientes assintomáticos.

 

Critérios

 

De acordo com o coordenador de Atenção Primária à Saúde (Coaps), Fernando Erick Damasceno, é necessário fazer os testes com critério, somente após a recomendação de um profissional de saúde.

 

“O mais importante é o exame clínico. Dependendo da situação, os pacientes não precisarão fazer nenhum dos testes. Conforme for a avaliação da equipe, o paciente precisará ou não, de exames complementares e internação. Assim, a UBS encaminhará para os hospitais de referência”, explicou Fernando Erick.

 

A rede pública de saúde do Distrito Federal conta com 172 unidades básicas de saúde, em todas as regiões administrativas, que oferecem acolhimento e atendimento para os casos suspeitos de Covid-19. Se alguma delas não for uma das 98 que tenha testes, a equipe de saúde da unidade vai direcionar o paciente sintomático até a UBS mais próxima da sua residência para fazer o procedimento.

 

Lembrando que os testes rápidos são seguros, aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e apresentam sensibilidade superior a 86% e especificidade superior a 95%. Além disso, possuem avaliação técnica satisfatória pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS).

 

Já os testes RT-PCR são considerados pelos infectologistas a técnica padrão ouro no diagnóstico da Covid-19. Ele identifica o vírus no período em que está ativo no organismo, tornando possível aplicar a conduta médica apropriada: internação, isolamento social ou outro procedimento pertinente para o caso em questão.

 

*Com informações Secretaria de Saúde

AS INFORMAÇÕES CONSTANTES NESTE SITE SÃO OFICIAIS DO GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL.
Denúncias e reclamações

Site: www.ouvidoria.df.gov.br

Telefone: 162

Pedidos de acesso à informação: www.e-sic.df.gov.br

Em caso de suspeita: Ligue 190, 193 ou 199

Sites confiáveis para notícias sobre o coronavírus

Agência Brasília: agenciabrasilia.df.gov.br

Secretaria de Saúde do Distrito Federal: www.saude.df.gov.br