Portal COVID 19

Principal Atualizado em 21/10/20 - 18h16

Novos banheiros no Alojamento Provisório do Autódromo

A troca dos contêineres na área de higienização dos acolhidos já estava prevista na renovação do contrato por mais 90 dias

 

21/10/20  14:57 AGÊNCIA BRASÍLIA * I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON

 

O alojamento temporário instalado no Autódromo Internacional Nelson Piquet ganhou novos banheiros para acolher com mais qualidade as pessoas em situação de rua que estão abrigadas na unidade durante a pandemia da Covid-19.

 

A troca dos contêineres na área de higienização dos acolhidos estava prevista na renovação do contrato por mais 90 dias entre a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e o Instituto Tocar, organização sem fins lucrativos responsável pelo Alojamento Provisório do Plano Piloto.

 

O novo acordo começou a valer no último dia 4 e vai até 1º de janeiro de 2021. Hoje, 174 pessoas estão na unidade de acolhimento.

 

“São mais três meses de acolhimento. A renovação desses banheiros e do espaço mostra a preocupação da Sedes em garantir condições de higiene adequadas e um acolhimento digno para as pessoas em situação de rua. Reforça também para os usuários que há esse cuidado com a saúde deles”, destaca a subsecretária de Assistência Social, Kariny Alves.

 

Com a renovação do contrato por mais 90 dias, o Alojamento Provisório, instalado no Estádio Maria de Lourdes Abadia, em Ceilândia, também deve receber banheiros novos nos próximos dias.

 

A unidade gerenciada pela Sedes está sob administração do Instituto Mãos Solidárias, organização sem fins lucrativos.

 

Alojamentos

 

Com capacidade para atender até 200 pessoas cada um, os dois alojamentos, o do Plano Piloto e o de Ceilândia, acolhem pessoas em situação de rua para evitar que elas fiquem expostas à disseminação do novo coronavírus e funcionam como uma espécie de refúgio para os abrigados.

 

Nas unidades, foram instalados contêineres para receber os usuários, com cama, armários, banheiro, lugar para tomar banho, lavar a roupa, fazer as refeições diárias, além de espaços de lazer e oficinas de capacitação profissional.

 

No alojamento também são realizadas atividades que trabalham a autonomia dos acolhidos, como oficinas de capacitações, cursos de artes, e aulas para alfabetização. Os acolhidos são encaminhados de maneira voluntária aos alojamentos por equipes da Abordagem Social, mas não são obrigados a permanecer no local.

 

Mais vagas

 

No início de outubro, a Secretaria de Desenvolvimento Social lançou edital de chamamento público para fechar parceria com organizações da sociedade civil e ampliar em mais 600 as vagas de acolhimento institucional destinadas a adultos e famílias em situação de rua no Distrito Federal.

 

“Estamos convocando as instituições sociais para participarem dessa seletiva para, assim, ampliar as vagas do serviço de acolhimento no DF. Já realizamos uma audiência pública para detalhar o edital e explicar como será feito esse processo de seleção”, explica a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

 

A instituição selecionada vai ser responsável pela implantação, execução e manutenção do acolhimento para adultos e famílias, na modalidade “casa de passagem”, que é quando a instituição oferece de forma temporária um espaço para o usuário dormir, guardar os pertences, usar banheiro, tomar banho, e ajuda a acessar atendimento médico e benefícios sociais.

 

De acordo com o edital, a prestação de serviços vai ocorrer por 24 meses, prorrogáveis por igual período. Para dar mais capilaridade ao atendimento, o chamamento foi dividido em lotes de 100 vagas, que deverão ser distribuídas em, no mínimo, duas unidades, para que não ultrapasse o limite de 50 acolhidos por estabelecimento. São 600 vagas de acolhimento a mais, no total.

 

* Com informações da Sedes

AS INFORMAÇÕES CONSTANTES NESTE SITE SÃO OFICIAIS DO GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL.
Denúncias e reclamações

Site: www.ouvidoria.df.gov.br

Telefone: 162

Pedidos de acesso à informação: www.e-sic.df.gov.br

Em caso de suspeita: Ligue 190, 193 ou 199

Sites confiáveis para notícias sobre o coronavírus

Agência Brasília: agenciabrasilia.df.gov.br

Secretaria de Saúde do Distrito Federal: www.saude.df.gov.br